Os setores em que é possível aplicar a restituição tributária

Os setores em que é possível aplicar a restituição tributária

Os setores em que é possível aplicar a restituição tributária

No blog do IBGEM já abordamos a restituição sob diversas perspectivas. Assim, você certamente deve possuir conhecimento sobre como ela é efetuada, suas principais características e benefícios. Mas por acaso você sabe os setores em que é possível aplicar a restituição tributária?

Esta é uma dúvida constante no meio empresarial. Mas não se preocupe, no decorrer deste artigo explicaremos tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Desse modo, você ficará sabendo em quais setores é possível aplicar a restituição tributária. Acompanhe!

Setores em que é possível aplicar a restituição tributária?

É importante ter noção de que a restituição tributária é possível basicamente em todos os setores do mercado, sendo estes optantes do simples nacional, lucro real ou presumido. 

Mas devemos frisar que, comumente, as empresas que mais enfrentam problemas relacionados ao pagamento indevido de imposto são aquelas enquadradas no simples. 

Isso ocorre devido a uma série de motivos, mas talvez o principal deles seja a falta de acompanhamento de profissionais qualificados.

Por isso, o recomendado é sempre contar com especialistas da área tributária, como a equipe do IBGEM, que pode te ajudar durante todo o processo.

Assim é possível trazer um montante maior de dinheiro para o seu caixa, além de evitar qualquer tipo de multa ou penalidade que possa prejudicar a credibilidade de seu negócio.

Quais impostos é possível reaver com o procedimento?

A resposta para esta pergunta também é bastante ampla e já foi abordada em artigos prévios. Entretanto, quando se trata de questões tributária, informação nunca é demais. Isso porque possuir entendimento sobre esta área é fundamental para alcançar o sucesso desejado para sua empresa.

Basicamente qualquer imposto pode ser restituído. Contudo, é evidente que existem aqueles que geram mais dores de cabeça aos contribuintes devido à sua maior complexidade. São eles:

  1. ICMS ST;
  2. PIS;
  3. COFINS;
  4. ISS.

Quais são os benefícios da restituição?

Para destacar ainda mais a importância de todo o processo de restituição, iremos explicar os seus principais benefícios. Como a própria nomenclatura destaca, a partir deste procedimento você garante a devolução integral de algo que realmente te pertence, no caso o dinheiro pago indevidamente.

Logo, o principal benefício da restituição é evitar que você perca dinheiro de forma desnecessária. Isso consequentemente garantirá uma melhora considerável na saúde financeira de seu empreendimento. 

Outro benefício que pode ser salientado é que previamente à restituição ocorre uma análise detalhada do setor tributário de seu negócio. Logo, é possível averiguar, além dos impostos pagos a maior, outros erros que podem ser corrigidos, contribuindo para um melhor andamento e maior sucesso da empresa.

admin

Deixe uma resposta