Planejamento Tributário para economia de impostos

Planejamento Tributário para economia de impostos

Planejamento Tributário para economia de impostos

Planejamento Tributário é o estudo e gestão do pagamento de impostos de uma empresa com o objetivo de otimiza-los sem descumprir as leis. Logo, se trata de economia no pagamento de imposto . Mas como isso é possível?

Inicialmente, é necessário pensar que, da mesma forma que a administração busca cuidar da gestão do estoque, dos recursos humanos, das vendas e demais setores, também é necessário gerir as obrigações fiscais de um modo inteligente e otimizado. Isso quer dizer procurar caminhos para onerar a empresa o mínimo possível. Com a diminuição dos impostos, o aumento da lucratividade , garantindo mais saúde financeira.

Busque uma equipe especializada para realizar o planejamento tributário e garantir a economia de imposto

Para que o Planejamento Tributário seja realmente efetivo, garantindo a economia de impostos, é necessário garantir uma equipe de profissionais qualificados e com experiência na área para realizá-lo. 

Eles podem analisar uma série de pontos, como as diferentes modalidades de tributos federais, estaduais e municipais, o volume de negócios, o porte da empresa e sua situação econômica.

Assim, os profissionais responsáveis por planejar os impostos podem buscar as mais vantajosas maneiras de recolher menos tributos, reduzindo as despesas e evitando problemas fiscais. 

Ademais, para que esse processo seja eficaz, é importante ter conhecimento dos impostos que incidem sobre as atividades da instituição. Afinal, cada caso é ímpar e deve ser analisado individualmente.

Quais são os tipos de Planejamento Tributário?

Existem duas categorias de Planejamento Tributária que podem ser aplicadas em sua empresa, sendo elas:

  1. Operacional- Esta é definida uma categoria relativamente básica. Ela engloba todos os procedimentos estabelecidos na sua empresa para que sejam cumpridas todas as exigências legais. Em outras palavras, para cumprir a correta escrituração das operações e o pagamento dos impostos nos prazos previstos, é necessário incluir essas tarefas na sua rotina de trabalho e alinhá-las de maneira direta com a equipe contábil;
  2. Estratégico- Para que o planejamento operacional seja executável, antes deve ser realizado o planejamento estratégico. Este é o enquadramento da empresa no regime tributário mais conveniente e o conhecimento de outras particularidades fiscais, que podem variar de acordo com o ramo de atividade, estrutura de capital, localização, modelo de contratação de recursos humanos e outras.

Logo, pode-se dizer que não é possível escolher somente uma das duas categorias, visto que ambas se complementam. Além disso, ao contrário do que muitos pensam, o Planejamento Tributário é muito mais do que apenas cumprir as obrigações em dia e anotar as receitas e despesas em planilhas. Ele abrange uma complexa preparação, onde é necessário conhecer, analisar, estudar e verificar todas as formas existentes de tributação que envolvem o seu negócio.

E como ocorre a economia de imposto?

Como observado anteriormente, o objetivo do Planejamento Tributário é reduzir as despesas da empresa. Na prática, isso quer dizer abreviar a quantidade de impostos pagos, assim como o total de valores que incidem sobre o seu negócio. A técnica recebe o nome de elisão fiscal, um processo de redução de tributos.

Em resumo, existem dois tipos de elisão fiscal. Uma delas é fornecida diretamente pela própria lei, através de incentivos fiscais do Governo. Trata-se de uma medida que visa estimular a economia e, consequentemente, trazer consequências positivas para o país, o estado ou o município.

Já o segundo tipo de elisão fiscal é aquele que resulta de brechas existentes na lei. Aqui, a empresa busca maneiras legais de posicionar e configurar seu negócio de modo a pagar menos impostos. 

Para isso, os profissionais especializados utilizam de recursos permitidos por lei, isto é, não há nenhuma infração. Esse é o caso de companhias que mudam de enquadramento tributário para aproveitar melhor seus lucros, garantindo economia de imposto e, assim, maior sucesso em seu negócio.

admin

Deixe uma resposta