publicado em:28/04/21 6:25 PM por: admin_ibgem Notícias

A previsão dada pelo Governo para o retorno do Benefício Emergencial foi de fevereiro de 2021, porém, vários meses se passaram e somente no dia 28 de abril houve a publicação da medida provisória instituindo as medidas de redução de jornada e salário e o pagamento do benefício emergencial (MP 1.045/2021). Ocasionando assim o fechamento de 35 mil Bares e Restaurantes.

Qual a relação entre o atraso o fechamento dos Bares e Restaurantes?

Essa demora de aproximadamente 3 meses para a edição da nova MP afetou gravemente o setor, sendo calculada pela Associação Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) o fechamento de 35 mil empresas.

Em pesquisa realizada pela associação no mês de fevereiro, 16% das empresas disseram que não conseguiriam pagar integralmente os salários dos funcionários, em março o percentual aumentou para 76% e no inicio de abril chegou a 91%.

Os percentuais são alarmantes e refletem o impacto causado pelas medidas restritivas que tiveram de ser aplicadas em face do aumento de número de mortos pela doença covid-19.

Nas palavras do presidente da Associação “O BEm é muito importante, mas chegou tarde. Por conta deste atraso, muitas empresas e empregos ficaram pelo caminho. Demorou tanto que o setor ficou insolvente. Se o governo tivesse cumprido o que disse em janeiro, 35 mil empresas não teriam fechado as portas nem 100 mil empregos teriam se perdido”.

As medidas de redução de salário e suspensão contratual aplicadas no ano passado permitiram a manutenção de 1,5 milhões de postos de trabalho. Ainda assim, já houve o fechamento de 300 mil empresas do setor em decorrência da pandemia.

Ainda, afirmou o presidente “O não pagamento de salários é o último recurso do comerciante. Para chegar nesta situação, ele já parou de pagar água, luz e impostos. Precisaremos de ajuda municipal, estadual e federal para o setor conseguir se reerguer. E de compreensão dos fornecedores”.

Portanto, se seu Bar ou Restaurante foi afetado pela pandemia não deixe de entrar em contato com a equipe de profissionais do IBGEM, e conferir benefícios para seu negócio.





Comentários



Adicionar Comentário