Descubra como emitir o extrato IR para o INSS

Se você é aposentado ou pensionista do INSS, certamente precisa pagar o imposto de renda. Para isso é necessário emitir o extrato IR INSS. O grande problema é que diversas pessoas ainda enfrentam muitas dúvidas em meio a este processo.

Pensando nisso, e como este é um procedimento extremamente importante para qualquer um, nós do IBGEM resolvemos elaborar um artigo explicativo sobre o tema. Aqui você entenderá como emitir o extrato IR INSS, além de compreender diversas outras questões relacionadas ao tema. Acompanhe!

O que é o extrato IR INSS?

O extrato IR INSS é um documento que mostra os valores do benefício recebido no ano anterior. Este extrato é usado para a Declaração Anual de Imposto de Renda da Pessoa Física – DIRPF. Um ponto importante é que é possível conseguir o Extrato para Imposto de Renda pela internet, sem precisar ir ao INSS.

Como o próprio nome já destaca, as pessoas que podem usufruir deste serviço são todas aquelas que recebem algum benefício do INSS. Dito isso, podemos ir para a próxima parte de nosso artigo, onde explicaremos como emitir o extrato IR INSS. Entenda:

Como emitir o extrato IR INSS pela internet?

Agora iremos explicar como emitir o extrato IR INSS. Para começar é necessário que você tenha uma conta e efetue o login no Meu INSS. Clique em “Do que você precisa?” e escreva o nome do serviço que você quer. Em seguida, clique em baixar PDF e espere o download ser concluído.

A partir daí é necessário que você aguarde uma resposta. Note que com um pedido pelo aplicativo ou site do Meu INSS o documento sai na hora. Já com o agendamento na Agência, o documento será entregue ao final do atendimento.

O serviço é gratuito para todo e qualquer cidadão brasileiro que receba benefícios do INSS, Também é preciso destacar que possuem direito a atendimento prioritário às pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei 10.048, de 8 de novembro de 2000.

Como emitir o extrato IR INSS pelo aplicativo?

O aplicativo está disponível tanto para IOS quanto para o sistema Android. Assim, basta efetuar o download e realizar um cadastro, utilizando seu CPF e criando uma senha. Depois disso, o processo para emitir o extrato IR INSS é bastante semelhante ao feito no site. Desse modo, é necessário que você:

  • acesse sua conta, clique na opção “Serviços em destaque” e depois na opção “Extrato para Imposto de Renda”;
  • no campo Ano-calendário, selecione 2020 e faça a emissão do documento.

Sobre o INSS

O INSS basicamente é responsável pelo pagamento de benefícios previdenciários aos trabalhadores e outros contribuintes. Sua sigla significa Instituto Nacional do Seguro Social. Ele foi criado em 1990 a partir da junção de outros dois órgãos: o Instituto de Administração Financeira da Previdência e Assistência Social (IAPAS) e o Instituto Nacional de Previdência Social (INPS).

A função do INSS, portanto, é executar os benefícios previdenciários previstos no Regime Geral de Previdência Social – incluindo controlar e realizar o pagamento de aposentadorias e de outros benefícios, como auxílio-doença e pensão por morte. Sabendo disso, agora iremos falar sobre o que pode ser considerado um benefício previdenciário. São eles:

  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição;
  • Aposentadoria especial;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-reclusão;
  • Pensão por morte;
  • Pensão especial (Síndrome da Talidomida);
  • Salário-maternidade;
  • Salário-família.

Quem pode ter acesso à previdência ao contribuir com o INSS?

Podem ser segurados da previdência social os empregados, empregados domésticos, trabalhadores avulsos, contribuintes individuais, trabalhadores rurais e empregadores. Note que aqueles que trabalham com carteira assinada são automaticamente filiados à previdência. Isso porque, ao se tornar CLT, parte de seu salário vai direto para o INSS.

Entretanto, quem trabalha por conta própria tem o caminho um pouco diferente. Estes precisam se inscrever e contribuir todos os meses com o INSS para ter direito aos benefícios previdenciários. Também é necessário falar sobre os MEIs. Eles ganham acesso à previdência ao pagar o DAS MEI mensalmente.

Fora isso, mesmo quem não possui renda própria, como estudantes e pessoas que não trabalham, pode se inscrever na previdência social. Para isso, basta ter mais de 16 anos e logicamente contribuir todos os meses com o INSS. Agora você já sabe como emitir o extrato IR INSS pela internet e pelo aplicativo, além de saber informações valiosas sobre o INSS e sua formação.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *